Olá! Bem-vindo ao ASBR! Aqui você irá encontrar todo conteúdo sobre a cantora, compositora e modelo norueguesa Astrid Smeplass. Fique a vontade para conferir nossas notícias, traduções e tudo que o site tem a oferecer. Não se esqueça de visitar a galeria de fotos e nos seguir nas redes sociais. Volte sempre!
16/10
2020

STANDART: Resenha Leave It Beautiful: batidas peculiares elevam o Pop feito para as paradas de sucesso

post por: Juliana em:

Nota: ★★★★☆

 

Após ficar famosa depois marcar presença na versão norueguesa de “Idol” e apoiar grandes artistas como Zara Larsson e Troye Sivan durante turnês, Astrid S se destaca com seu primeiro álbum “Leave It Beautiful”.

O álbum é feito para as paradas Pop de sucesso, porem contém pegadas únicas e pequenas batidas peculiares que o elevam.

Os tons levemente robóticos que envolvem os Singles “Hits Different” e “Dance Dance Dance” acrescentam poder a sua vibe objetiva:

 

Got my hands on my body

No one can stop me

When you don’t need nobody

It hits different”.

 

Porém, nem tudo é atrevimento – Astrid S conseguiu mostrar também a sua vulnerabilidade. Seu vibrato cativante compõe o back up das canções mais baladas do álbum, como a canção pós-término ”It’s Okay If You Forget Me”:

 

“I’ll tell you what the worst is

It’s the way it doesn’t hurt

When I wish it did”.

 

Tendo entrada na indústria da música na adolescência, a cantora também toca na ideia de ser uma jovem que ganhou uma plataforma. Em Marilyn Monroe, ela canta: “I don’t need permission to be who I want to be” – uma encapsulação perfeita de um álbum feroz que está preparando Astrid S para o estrelato.

 

Fonte: Standard

STANDART: Resenha Leave It Beautiful: batidas peculiares elevam o Pop feito para as paradas de sucesso

post por: Juliana em: